signmaker_blog-11.jpg

Qual a chance do shopper decidir entrar numa loja com uma vitrine sem graça, elaborada de qualquer jeito e sem elementos de comunicação visual que chamem sua atenção? Praticamente nula, não é? Da mesma forma, que se ele for atraído somente pela vitrine e se deparar no interior do ponto de venda com adesivos, displays, móbiles e demais materiais de merchandising colocados sem capricho, com bolhas, tortos e sem uma harmonia com o contexto, automaticamente, vai passar a ter uma sensação de incômodo e até desconfiança em relação à marca.

merchandising_pdv_horizontal

Tudo isso nos mostra que as ações de merchandising no PDV são fundamentais para fortalecer a presença da marca no ambiente e estabelecer um relacionamento positivo com o cliente. Afinal, será no ponto de venda que o shopper vai ter sua primeira experiência com os produtos e construir suas percepções a respeito dele.

A decisão de compra

Uma pesquisa realizada pelo POPAI apontou que cerca de 80% da decisão da compra do shopper é feita diretamente no PDV e um dos motivos para isso é porque eles são impactados diretamente pela comunicação visual e estratégia de posicionamento dos produtos dentro das lojas.

Com o avanço da mobilidade e da internet, as lojas virtuais vêm ganhando espaço no mercado varejistas. Porém, as marcas que vendem no ponto físico não devem temer. Embora, o comércio eletrônico tenha um espaço de destaque no mercado, o shopper, muitas vezes, quer conhecer o produto pessoalmente, além de valorizar a experiência com marca.

E essa estratégia pode ser aplicada no PDV por meio de música ambiente, aroma, texturas diferenciadas e demais ações que agucem os cinco sentidos do cliente, permitindo uma lembrança positiva da situação.

Dependendo da área de atuação, outra estratégia de merchandising que dá muito certo no ponto de venda é a atuação de consultoras e demonstradoras de produtos. Nas farmácias, por exemplo, essa é uma excelente maneira de potencializar as vendas dos dermocosméticos, por exemplo.

E não esqueça de um ponto muito importante: o atendimento. É preciso treinar adequadamente os vendedores, de modo que esclarecem as dúvidas dos clientes e utilizem estratégias para agregar valor à venda, evitando serem invasivos.

O potencial de vendas de um PDV bem planejado, com equipe treinada e ações de merchandising aplicadas corretamente é indiscutível. Se está em dúvida de como pode potencializar a comunicação visual da sua marca, conte conosco para ideias inovadoras e elaboração de um projeto que atenda a necessidade da sua marca.

Posso ajudar?

o consumidor valoriza muito o contato com o atendente ou vendedor. Porém, considerando que a maioria dos consumidores pesquisa na internet antes de sair de casa, o atendimento para agregar valor deve ser diferenciado, realizado no momento certo, esclarecendo dúvidas e apoiando para a melhor opção de escolha.