problemas_com_projeto_.jpg

No post anterior, falamos um pouco sobre atrasos no projeto de comunicação visual que ocorrem porque o fornecedor não tem capacidade de atender o projeto.Para avaliar a capacidade do fornecedor também é importante saber se ele atende o nível de complexidade do seu projeto. Por incrível que pareça, a complexidade do projeto de comunicação visual pode ser um problema para muitas empresas de comunicação visual que não estão acostumadas com trabalhos deste nível ou de grande porte.

O projeto pode ser considerado complexo por vários motivos: tipos de materiais e cortes que devem ser utilizados, número de lojas e locais para ativação da campanha de merchandising, urgência no prazo de entrega, necessidade de sofisticação no acabamento e por aí vai.

Isso não seria problema nenhum, se logo de cara o fornecedor rejeitasse o trabalho diante de suas limitações técnico-operacionais.

Porém, na prática isso não acontece. Para não perder o job, as empresas de comunicação visual acabam terceirizando algumas etapas da execução do projeto com outros fornecedores. E é aí que podem surgir os problemas, tanto de qualidade como de prazo de entrega.

A chance de ter peças sem uniformização de cores e tipos de materiais, principalmente no caso da ativação de uma campanha de merchandising no ponto de venda com uma série de lojas espalhadas em diversos locais é grande. Além disso, quando o projeto é terceirizado com outros fornecedores fica mais fácil ocorrerem falhas no cronograma. merchandising_pdv_horizontal

Garanta a qualidade do seu projeto de comunicação visual

Uma maneira de avaliar corretamente a escolha da empresa de comunicação visual é analisando o tamanho do seu pedido versus o porte do fornecedor.

Por exemplo, se seu projeto custa em média R$ 1 milhão e a empresa de comunicação visual fatura R$ 250 mil, provavelmente, ela não tem potência para executar o trabalho e vai precisar terceirizar algumas etapas. Provavelmente você não conseguirá saber exatamente quanto ela fatura, mas vale a pena perguntar para o fornecedor mais ou menos o porte e valor dos projetos que ele costuma executar.

Outro ponto importante é entender detalhadamente cada etapa do processo de impressão. Ao saber que é preciso considerar o envio dos arquivos, aprovação das amostras, refações, qualidade no processo de impressão, aprovação final e etc, você consegue alinhar com o parceiro o prazo dele para cada etapa e calcular um cronograma assertivo.

Solicitar informações sobre a qualificação da equipe e pedir referências de outros trabalhos também são medidas que fazem a diferença para não colocar em risco a qualidade do seu projeto. 

Não tenha receio de avaliar a capacidade da empresa de comunicação visual. É melhor prevenir do que remediar problemas futuros.