projeto_comunicacao_visual.jpg

Na busca pela atração de clientes nos pontos de venda, muitas empresas investem pesado na criatividade dos projetos de comunicação visual. Quanto mais inovador e diferenciado, maior a chance de atrair clientes. Estratégia correta!

Porém, para ter o resultado esperado é necessário preocupar-se também com o acabamento dos materiais de PDV, principalmente quando falamos da impressão de grandes formatos.

Acompanhe três dicas que listamos para você ter condições técnicas de exigir das empresas de comunicação visual um resultado de qualidade em relação aos acabamentos.

1.Fique por dentro das tendências

Saber quais são as novidades do mercado para valorizar o acabamento das peças é um importante diferencial para avaliar o nível de qualidade da empresa de comunicação visual. Informe-se sobre a matéria-prima utilizada nas impressões e nos materiais de PDV.

Um mesmo produto pode ser feito de diversas formas, com materiais nobres ou com materiais promocionais. Por isso, é importante conhecer sobre substratos de impressão e matérias-primas em geral. Exija as especificações dos materiais e opte por marcas consolidadas, como 3M, por exemplo.

Além disso, os grandes fabricantes (de vinil adesivo, lonas, tecidos, chapas de acrílico, poliestireno e etc), normalmente, possuem padrões de qualidade mais elevados.

Outra maneira importante para garantir a qualidade dos materiais é trabalhar com empresas de comunicação visual homologadas pelo fabricante da matéria-prima. Isto garante que o fornecedor está utilizando as técnicas recomendadas pelo fabricante para obter o resultado adequado com o produto dele. Um bom exemplo de programa de homologação de fornecedor é o Convertedor Autorizado 3M.

Guia_Signmaker

2. Informe-se sobre as técnicas de cortes

Outro fator relevante para avaliar o acabamento das peças que irão para o PDV é checar as técnicas de cortes que são utilizadas pela empresa de comunicação visual. O corte a laser ou com router, por exemplo, oferece um excelente acabamento em diversos tipos de chapas. Além do corte, o material já pode ser polido ao mesmo tempo, o que garante um corte uniforme, liso e que pode ser feito em curtas ou grandes tiragens.

3. Avalie o parque tecnológico

Quando se utilizam tecnologias modernas para a impressão de grandes formatos, é possível combinar a impressão digital ao mecanismo de corte. Isso agiliza o processo de produção e elimina algumas etapas manuais, garantindo a automatização no processo.

Sem dúvida, o diferencial do seu projeto de comunicação visual também deve estar no acabamento final das peças de merchandising no ponto de venda . Portanto, converse com o fornecedor e entenda o que ele pode fazer para aumentar a qualidade dos seus materiais.