signmaker_blog-12.jpg

Quem coordena as estratégias de marketing e vendas sabe que o gerenciamento das ações de trade marketing, distribuição e vendas demandam muito trabalho no dia a dia. Muitas vezes, a agência e o profissional de trade têm ideias brilhantes para a execução das campanhas, mas na hora de colher os resultados acabam identificando que a performance de vendas ficou aquém do esperado.

Um dos motivos que pode estar ocasionando isso é a falta de gerenciamento adequado das categorias dos produtos no PDV e, consequemente, o desconhecimento do comportamento de compra do shopper.

Quando esses pontos não estão alinhados, fica difícil investir em ações de marketing integrado para obter um resultado satisfatório.

Guia_Signmaker

Ao adotar o modelo de gestão de categoria, que visa controlar a performance dos produtos por grupos no ponto de venda, você consegue ter um gerenciamento mais preciso do desempenho das vendas e definir estratégias alinhadas com o objetivo de branding.

E isso pode ser feito e três maneiras:

# 1 – Por produto

Ao fazer o gerenciamento das categorias dentro do PDV você consegue descobrir como tem sido o comportamento de venda de cada item e, assim, fica mais fácil definir estratégias diferenciadas de trade marketing para atrair a atenção do shopper e impulsionar as vendas.

Por exemplo, se a sua marca comercializa calçados, você pode gerenciar as categorias de esportes, masculino, feminino, infantil, festas e por aí vai. Isso vai lhe trazer uma visão dos produtos que são mais procurados pelo público – informação valiosa para definir assertivamente as ações de merchandising no ponto de venda.  

# 2 – Por região

Você sabe quais são os desafios e as oportunidades de cada ponto de venda? Se a sua marca possui três ou quatro lojas em São Paulo, provavelmente, você tenha essa resposta na ponta da língua. Já deve ter mapeado, por exemplo, as preferências dos clientes na região leste e sul e traçado ações de marketing integrado para impactá-los positivamente.. Com certeza, cada ponto de venda tem sua particularidade e é influenciado pelas características locais.

Porém, se você tem mais lojas, espalhadas em todo o país, fica difícil conhecer manualmente as preferências do shopper de cada localidade. Para facilitar o processo, você pode contar com tecnologia desenvolvida exclusivamente para auxiliá-lo nessa etapa.

Conhecer o potencial cliente de cada PDV é essencial para uma estratégia comercial alinhada e a definição correta de produtos e comunicação visual no PDV.

# 3 – Por canal

Da mesma forma, passa a ser fundamental descobrir a performance de venda de cada item nos diferentes canais de venda. Se você tem quiosques em shoppings, lojas físicas nas ruas e uma operação de e-commerce vai precisar gerenciar as categorias de produtos conforme o desempenho de cada ponto de venda. Esse cuidado é fundamental para o sucesso das vendas e para direcionar no planejamento das ações de marketing integrado.

Quando falamos de marketing integrado estamos nos referindo ao alinhamento das peças de publicidade, presença em mídias sociais, divulgações locais e também nas campanhas de comunicação visual no PDV. Para obter um resultado efetivo é importante que haja uma integração no conteúdo, sempre respeitando os interesses e desejos do público-alvo.

Portanto, dê o primeiro passo ao fazer o gerenciamento das categorias e entender a saída de produtos da sua marca e o que o shopper espera da empresa. Isso vai fazer toda a diferença no resultado final.